Compro de Quem Faz

Um movimento a favor de artesãos e artistas criativos e independentes.
Um movimento para incentivar o sustentável e o local, por meio do apoio às pessoas que amam o que fazem.
Conecte-se

Episódios

Conheça aqui um pouco da história de quem faz o sonho acontecer!
Cumbuca Chic, Uma história de amor e cerâmica Gostou? Então espalha por aí
Assine nossa newsletter!
Deixe seu nome aqui para declarar que você também acredita no movimento Compro de Quem Faz! Você também vai ser o primeiro saber das últimas notícias sobre o movimento!

Manifesto

É pessoal Eu valorizo e apoio o trabalho de outras pessoas. Eu sei quem está fazendo o que estou comprando e sei quele não está sendo explorado, mas ao contrário, ama o que faz.
É um estilo Eu escolho consumir de quem faz com as próprias mãos, pois isso dita meu estilo de vida e é um dos aspectos que me define como pessoa. Eu apoio pessoas que encaram o fazer como estilo de vida também e fonte de renda.
É poderoso Eu tenho a alternativa de comprar o que eu preciso de pessoas que fazem, e não de grandes corporações. Eu tenho a chance de ir contra a hegemonia de consumo atual.
É nacional Eu quero ajudar a fortalecer a economia do meu país, da minha cidade, do meu bairro. Eu posso comprar de pessoas que estão próximas a mim e apoiar sonhos.
Baixe o nosso manifesto!
Faça download do manifesto. Baixe, imprima, distribua por aí, faça o que quiser.

Mais de quem faz

Somos artesãos e artistas, somos modernos, somos criativos, somos batalhadores e estamos espalhados pelo Brasil em busca de um sonho: trabalhar com o que amamos e fazer acontecer.
Débora Serralheiro Patoy
Trabalhar com as mãos, dando vida aos toys faz com que eu me sinta mais viva e completa, faz com que a Patoy seja uma extensão de mim como ser humano. Sem essa "tradução", dos nossos sonhos mais genuínos em matéria, não existiria sucesso.
Daniel Belarmino Laboratório Monstro
A mente fervilha em ideias, que através das mãos se transformam em produtos que trazem uma historia e são feitos com técnicas tradicionais aplicadas à um conceito moderno.
Carol Grilo FofysFactory
O legal de fazer o próprio produto é saber que vai um pouco de você em cada detalhe. O reconhecimento do cliente é especial, pois ele sabe quem produziu e tem uma relação direta com o criador. Receber um elogio de quem comprou é o maior estímulo para continuar criando!
Juliane Pereira La Vanille
Fazer artesanato moderno para mim é mais do que simplesmente criar um produto diferente, é o estilo de vida que respiro do momento em que acordo até ir dormir, é viver meus sonhos diariamente!
Ana Matusita Ana Sinhana
Viver do trabalho das mãos mudou tudo: meu jeito de encarar o valor das coisas tornou-se pleno de significado e amor. Quem faz, sabe como é!
Cecília Chiarini Empório Coralina
É com a produção artesanal que conseguimos imprimir carinho e criatividade aos nossos produtos, entregar esse cuidado aos clientes e realizar o sonho de ter uma pequena-grande-empresa, expressando nossa forma de levar a vida, nossos valores.

Faça sua parte

Como ser ativo no movimento?
Que bom ver você por aqui! Isso significa que você entende o poder que tem em suas mãos quando passa a apoiar um movimento como o Compro de Quem Faz! Tomar partido nesse esforço é muito fácil: aqui você encontra diversas ferramentas para usar no ambiente on-line e no off-line, e espalhar essa ideia Brasil afora.
Acreditamos que toda pequena atitude gera uma grande mudança quando feita no coletivo, e por isso acreditamos em você!
Twitte essa ideia
Eu compro itens legais e criativos de pessoas que estão próximas a mim, e dessa maneira eu apoio sonhos! #ComproDeQuemFaz
Eu acredito, valorizo e apoio o trabalho das pessoas que amam o que fazem. #ComproDeQuemFaz
Eu sou parte do movimento #ComprodeQuemFaz. Vem ser parte você também!
Mude o seu avatar
Demonstre o seu apoio incorporando o selo do movimento nas imagens de perfil das suas redes sociais.
Mude o seu avatar!
Estampe seu site ou blog
Declare que você compra de quem faz incluindo a bandeira do movimento no seu site e blog!
Estampe seu site ou blog
Fotografe e apareça
Baixe o poster do CDQF, imprima, tire uma foto com ele e suba na nossa Galeria.
Fotografe e apareça!
Manifeste-se!
Baixe, imprima, distribua por aí, faça o que quiser. Mas, por favor, manifeste-se!
Manifeste-se com o manifesto!
Escreva pra gente
Tem uma ideia diferente de como você pode contribuir com o movimento? Então escreve pra gente!

Galeria

Quer aparecer por aqui também?
É só entrar no grupo do CDQF no Flickr e enviar as suas fotos de apoio ao movimento por lá. Uma dica: Você pode tirar foto com o poster do CDQF e colocar na galeria!

Do seu jeito

Quer dar um passo à frente e mostrar que você faz também? Então demonstre isso deixando o Compro de Quem Faz com a sua cara!
Tudo que você precisa fazer é reproduzir o logotipo com muita criatividade, usando os materiais e as técnicas que você mais gosta. Depois é só enviar uma foto do resultado para contato@comprodequemfaz.com.br e ficar de olho, pois nós vamos fazer um projeto super bacana com todos os trabalhos enviados!
1. baixe o logotipo
2. reproduza do jeito que você ama
3. manda pra gente!

Blog

Como a sociedade contemporânea enxerga a arte e o artesanato

Quando você trabalha com ou faz arte/artesanato, as pessoas costumam não entender a finalidade daquilo. Elas franzem a testa e ficam questionando “pra quê” ou “porquê” você perde tempo...
postado em 10/12/2014

A autovalorização no trabalho artesanal • parte 2/2

Pintando cores mais vivas: invista em você Empreendedorismo não é uma cultura suficientemente bem difundida, e tende a parecer complicada: cálculo de preços, finanças, gerenciamento de estoq...
postado em 26/11/2014

A autovalorização no trabalho artesanal • parte 1/2

Todo profissional, por princípio, deseja e merece apreciação por suas qualidades. Como em qualquer área, é fundamental também para o artesão sentir-se merecedor e impor seu valor, de acordo ...
postado em 19/11/2014

Copie e cole o conteúdo abaixo no HTML de seu site, logo antes da tag de fechamento </body>.

Copie e cole o conteúdo abaixo no HTML de seu site, logo antes da tag de fechamento </body>.